27 Mai 2019

#PrecisamosDaReforma

O sistema LIDE Pernambuco é a primeira unidade do LIDE no Brasil a lançar uma campanha a favor da Reforma da Previdência: #PrecisamosDaReforma. A ação está espalhada por outdoors e ônibus da cidade do Recife, além de mídias sociais, internet e veículos de comunicação. 

Drayton Nejaim, Presidente do LIDE Pernambuco

A ação é baseada no slogan “Não é pela esquerda ou pela direita. É pelo Brasil”. Não se trata de assumir ideologias ou de apoiar partidos políticos, mas sim de reconhecer a catástrofe econômica que o país enfrentará caso não haja mudanças nas regras previdenciárias. Ser a favor da Reforma é ser a favor da retomada do crescimento econômico, do equilíbrio das contas públicas e, principalmente, do combate ao desemprego, que assola 13,4 milhões de brasileiros, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O LIDE Pernambuco foi a primeira das 18 unidades espalhadas pelo país a criar uma campanha de mobilização a favor da Reforma previdenciária. Para o presidente do grupo, Drayton Nejaim, o pioneirismo corrobora a forte atuação institucional do grupo e a importância do trabalho realizado. “Temos a obrigação de construir uma mobilização empresarial a favor da reforma”, defende. “Somos um agente de transformação da sociedade e devemos nos comportar como tal”. 

Por que ser a favor da reforma?

Debater a reforma torna-se necessário ao passo em que a economia do país não encontra ares de crescimento. Além disso, com a população cada vez mais velha, o país precisa rever seus custos e benefícios para se adequar à realidade fiscal. Dados do Ministério da Saúde mostram que, em 2016, o Brasil tinha a quinta maior população idosa do mundo; em 2030, esse número deve ultrapassar o total de crianças entre zero e 14 anos. 

A reforma também propõe acabar com desigualdades e privilégios indevidos, já que o texto atual beneficia as elites do serviço público. Um político e um trabalhador comum, por exemplo, passariam a ter as mesmas regras para se aposentarem com a nova legislação.

Jorge Jatobá, Presidente do LIDE Economia

O doutor em economia e presidente do LIDE Economia, Jorge Jatobá, salienta que, sem a reforma, o aumento dos gastos com a previdência deve colidir com o limite de gastos aprovado pelo Congresso em 2016. “Os custos vão canibalizar os recursos para a educação, saúde, segurança pública e assistência social, que são essenciais para melhorar a qualidade de vida dos brasileiros”, ressalta.

Sobre a campanha

A ideia de posicionar-se foi uma demanda estabelecida pelo LIDE Pernambuco e seus capítulos temáticos, Mulher, Futuro e Educação. Criada pelo analista de comunicação, Felipe Goldenberg, foi executada em parceria com a Rota Mídia e a Italobianchi Comunicação, que conta com 47 anos de experiência no mercado.

Não é a primeira vez que o LIDE se manifesta sobre temas de debate nacional. Em 2017, o grupo mobilizou a sociedade a favor da Reforma Trabalhista, uma das pautas do movimento empresarial.

 

Voltar para a página anterior